Entre em contato conosco: (32) 3575-1523/1214



História da Cidade

Em 1840, o território que hoje integra Guarani, pertencia à Vila do Pomba, e já era povoado por alguns fazendeiros. Estes primitivos habitantes da região, até então, uma verdadeira mata virgem, viviam tranqüilamente entre índios já catequizados e de boa índole. Os fazendeiros, trabalhavam ao lado dos índio e negros no plantio de cereais e frutas.

No correr dos anos, esta zona do Vale do Rio Pomba, foi enchendo-se de habitantes, várias famílias se transportavam para aqui e se apossavam de terrenos, aventureiros chegavam para conhecer e se estabeleciam.

Por instinto de sociabilidade, esses novos habitantes resolveram fazer uma capela sob a invocação do Divino Espírito Santo, para, em seguida, lançar os fundamentos de um pequeno arraial. O local da capela, ao lado do qual construiu-se também um cemitério, foi doado por um fazendeiro da região. Após essa doação muitas outras se seguiram, visando a formação do novo arraial, chamado de Espírito Santo do Pomba.

Com o decorrer dos anos, cresceram o número de ruas, ladeiras e praças ao redor da Capela e, em 1883, com a inauguração da Estação da Estrada de Ferro, o progresso acentuou-se. O ano de 1886 também foi importante para o desenvolvimento de Guarani, com a construção da primeira estrada de rodagem e de uma escola pública para rapazes.

No ano de 1888, chegaram em Guarani muitas famílias imigrantes, a grande maioria de italianos, que vieram trabalhar nas fazendas. Isso porque, os negros, após conseguirem a merecida liberdade com a Lei Áurea, optaram por não trabalhar para seus antigos senhores.

Os trabalhos pela emancipação política de Guarani, iniciaram-se em 1913, com a divulgação de um impresso que conclamava o povo de Guarani, a comparecer no largo da Igreja Matriz, para tomar parte da assembléia popular, visando meios práticos para realizar a urgente instalação da Vila. Enfim, no dia 25 de março de 1914, Guarani alcançou sua tão sonhada emancipação política. Após cinco anos de emancipação política, Guarani festejou a inauguração da luz elétrica, o que foi motivo de importantes comemorações.

Os anos se passaram e Guarani chegou ao ano 2014. A cidade completa este ano, 100 de sua fundação com uma história recheada de glórias e protagonistas de respeito.

 

Newsletter

Seu nome:

Seu e-mail:

  • Prefeitura Municipal de Guarani – Minas Gerais
  • Praça Antônio Carlos, 10 – Centro
  • Tel: (32)3575-1523/1214
  • gabinete@guarani.mg.gov.br

Desenvolvido pela Agência Infinit0